quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Mario de Andrade em Porto Velho




Mário de Andrade em Santo Antônio no Marco Rondon - 1927
  Em 1927 Dona Olívia organiza outra viagem de "descoberta do Brasil", que é assim chamada por Mário de Andrade:"Viagens pelo Amazonas até o Peru, pelo Madeira até a Bolívia, por Marajó até dizer chega." Da viagem participaram apenas D.Olívia, sua sobrinha Mag, Mário de Andrade e Dulce, a filha de Tarsila. Eles vão de navio até Belém de onde seguem de barco pelo Amazonas até Iquitos no Peru. Na volta viajam pelo Madeira-Mamoré, voltam a Belém, seguem para Marajó. Mário realizou mais de 600 fotos e escreveu "O Turista Aprendiz". Além dos registros de viagem onde se pode ver a sempre elegante D.Olívia, Mário realizou também algumas fotos de excepcional qualidade artística. A viagem foi a origem de "Macunaíma" e determinou o interesse de Mário pela produção do Norte do país.

3 comentários:

  1. Está incrível o blog, e que interessante esta história,emocionante ver essa foto..
    Parabénss..

    Tati Sartori Bertelli
    Rolim de Moura

    ResponderExcluir
  2. Maravilha de fotografia!
    Há dois anos estou no Norte e me encantei com a história e belezas naturais de Rondônia. Relendo Macunaíma, deparei-me com uma referência a Guajará-Mirim, onde hoje habito.
    Já sabia das influências nortistas e nordestinas para a criação do "herói sem nenhum caráter".
    Surpresa encontrar esta fotografia.
    Seu blog cumpre um valoroso papel de resgate da história rondoniense.
    Parabéns!

    ResponderExcluir